29 de fev de 2012

Poema - Pack Of Lies

Olá pessoas!

Estou postando aqui um antigo poema meu, 'Pack of Lies'. O título veio de um trecho de uma música do Placebo, Without You I'm Nothing (link no 4shared e no Youtube, caso queiram ouvir enquanto estiverem lendo). 

Ahhh, um lembrete: caso tenham um tumblr, eu postei esse conto lá também, nesse post aqui, reblogs são bem vindos. ^_^

Não me acho muito boa com poemas, mas mesmo assim... enjoy! (:

Pack of Lies

Eu fecho os olhos, e vejo tudo negro;

vejo a escuridão,

vejo a desesperança e o vazio.

Então, eu abro meus olhos.



Eu fecho os olhos, e vejo você;

vejo todo o amor que sinto por você,

e vejo a ruína que isso pode me trazer,

vejo o medo de amar alguém tanto assim;

Então, eu abro meus olhos.



Eu fecho os olhos, e não vejo nada;

vejo e não vejo minha vida passando como um mapa,

me guiando e não guiando em direção a existência

da carência de alguma coisa a mim segregada.

Então, eu abro meus olhos.



Eu fecho os olhos, e vejo o negro, vejo o nada, vejo você.

Ainda há a desesperança, ainda há a escuridão,

ainda há o nada, ainda há o medo;

mas ainda há você, e ainda há o que sinto por você.

Então, mantenho meus olhos fechados.

Fim


P.S.: se você gostou do poema e quiser postá-lo em algum lugar, fico lisonjeada. MAS antes disso, fale comigo e quando eu liberar, poste os créditos, ou teremos problemas.

2 comentários:

  1. =

    Bem bem bem... a senhorita diz que não escreve
    sobre romances convencionais mas vejam só o que temos aqui hehehe

    Ah ainda mantenho o que disse da primeira vez
    é lindo e fodão... nossa... como de costume tem MUITO a ver comigo. Adoro adoro adoro tudo que produz babys *--* (( fã enlouquecido )) HUAUHAHUA

    ResponderExcluir
  2. Realmente, está diferente do que vc costuma fazer, mas ainda conserva aquele ar sombrio. E ficou bom, muito bom, parabéns.

    ResponderExcluir